Para que serve o ultrassom de mama?


A ultrassonografia de mama é frequentemente usada para examinar alguns tipos de alterações mamárias. Ele é útil para avaliar alterações da mama como caroços (especialmente aqueles que podem ser sentidos e palpado, mas não vistos em uma mamografia) ou alterações em mulheres jovens com tecido mamário denso onde a mamografia ainda não enxerga bem pela grande quantidade de glândula presente na mama. Ele também pode ser usado para observar uma alteração que foi observada em uma mamografia pois ele muitas vezes pode dizer a diferença entre cistos cheios de líquido (que são muito improváveis ​​de ser câncer) e nódulos e massas sólidas (que podem precisar de mais testes para ter certeza de que eles não são câncer). O ultrassom é amplamente disponível, fácil de ser usado e não expõe a pessoa à radiação. Também custa menos do que muitas outras opções.

Por que eu preciso de um ultrassom de mama ?

O ultra-som da mama geralmente não é feito para rastrear o câncer de mama . Isso ocorre porque pode prever alguns sinais precoces de câncer. Um exemplo de sinais precoces que podem não aparecer na ultrassonografia são pequenos depósitos de cálcio chamados microcalcificações.

O ultrassom de mama pode ser usado se você: • Tem tecido mamário particularmente denso, jovem e ainda com muitas glândulas. Uma mamografia pode não ser capaz de ver através do tecido glandular. • Estão grávidas. A mamografia usa radiação, mas o ultrassom não. Isso torna mais seguro para o feto. • Têm menos de 25 anos Seu médico também pode usar ultrassom para examinar os gânglios linfáticos próximos, ajudar a guiar uma agulha durante uma biópsia ou remover o fluido de um cisto. A ultrassonografia da mama é mais frequentemente feita para descobrir se um problema encontrado por uma mamografia ou exame físico da mama pode ser um cisto preenchido com fluido ou um tumor sólido.

O Ministério da Saúde recomenda que os seguintes sinais e sintomas sejam considerados como de referência urgente para serviços de diagnóstico mamário (recomendação favorável fraca: os possíveis benefícios provavelmente superam os possíveis danos): • Qualquer nódulo mamário em mulheres com mais de 50 anos. • Nódulo mamário em mulheres com mais de 30 anos, que persistem por mais de um ciclo menstrual. • Nódulo mamário de consistência endurecida e fixo ou que vem aumentando de tamanho, em mulheres adultas de qualquer idade. • Descarga papilar sanguinolenta unilateral. • Lesão eczematosa da pele que não responde a tratamentos tópicos. • Homens com mais de 50 anos com tumoração palpável unilateral. • Presença de linfadenopatia axilar. • Aumento progressivo do tamanho da mama com a presença de sinais de edema, como pele com aspecto de casca de laranja. • Retração na pele da mama. • Mudança no formato do mamilo.

Consulte sua Ginecologista.

#CâncerdeMama #UltrassomdeMama #UltrassonografiadeMama #UltrassonografiaMamaria #OutubroRosa #PrevençãoCancerdeMama #ExameDiagnosticoCancerdeMama

marketing medico digital.png