Ultrassom Morfológico


O que pode mostrar uma varredura morfológica?


Você poderá ver o coração do bebê batendo, uma imagem clara da coluna do bebê e os braços e pernas do bebê agitando e chutando. Ainda é possível ver perfil e o sexo do bebê de forma mais clara. Alguns bebês podem até estar chupando o dedo. Em outros momentos o exame poderá parecer meio borrado e confuso para os pais, pois o médico irá checar também todos os órgãos internos como fígado, partes do cérebro, rim, bexiga... logo essa avaliação da anatomia interna do feto pode ser mais difícil de entender e de acompanhar durante o exame.



Quem deve realizar o ultrassom morfológica?

As anomalias estruturais são muito raras (em torno de 2-3%) entre os recém-nascidos. Portanto, todas as mulheres devem realizar o exame, principalmente quando: a gestante tiver 35 anos ou mais, histórico familiar de malformações e/ou alterações genéticas, presença de malformações ou alterações genéticas em gestações anteriores, gestantes com diabetes ou que tenha uso de alguma droga teratogênica (por exemplo anticonvulsivantes, antineoplásicos, etc.), grávidas com suspeita de infecções como rubéola ou toxoplasmose, gestações múltiplas ou pai com mais de 55 anos. Consequentemente, o exame ultra-sonográfico morfológico deve ser oferecido rotineiramente para todas as mulheres grávidas.



marketing medico digital.png