top of page
  • Dra Flavia do Vale

Pré eclampsia

A pré-eclâmpsia é uma doença da gravidez com risco de vida, exclusiva dos humanos e uma das principais causas de morbimortalidade materna e neonatal. Mulheres que sobrevivem à pré-eclâmpsia têm expectativa de vida reduzida, com riscos aumentados de acidente vascular cerebral, doenças cardiovasculares e diabetes, enquanto os bebês de uma gravidez pré-eclâmptica aumentaram riscos de parto prematuro, morte perinatal e incapacidade do neurodesenvolvimento, doenças cardiovasculares e metabólicas mais tarde na vida.


A pré-eclâmpsia é uma doença multissistêmica complexa, diagnosticada por hipertensão (>20 semanas de gestação) e pelo menos mais uma complicação associada, incluindo proteinúria, disfunção orgânica materna ou disfunção uteroplacentária. A pré-eclâmpsia é encontrada apenas quando uma placenta

está ou esteve presente recentemente e é classificado como prematuro (parto <37 semanas de gestação), a termo (parto ≥37 semanas de gestação) e pós-parto

pré-eclâmpsia.


A síndrome materna de pré-eclâmpsia é impulsionada por uma placenta disfuncional, que libera fatores no sangue materno causando inflamação disseminação sistêmica e disfunção endotelial materna.


Os tratamentos disponíveis visam o controle da hipertensão materna e das convulsões, mas a única "cura" para a pré-eclâmpsia é o parto, muitas vezes prematuramente.


Apesar de décadas de pesquisa, a etiologia da pré-eclâmpsia, particularmente a que acontece próxima ao termo e apré-eclâmpsia pós-parto, permanece mal definida. Avanços significativos foram feitos na previsão e prevenção da pré-eclâmpsia prematura, que é previsto no início da gravidez por meio de triagem combinada

e é prevenida com aspirina diária em baixa dose, começando antes de 16 semanas

de gestação. Por outro lado, a predição da pré-eclâmpsia de termo e no pós-parto é limitada e não há tratamentos preventivos. Pesquisas futuras devem investigar a patogênese da pré-eclâmpsia, em particular de pré-eclâmpsia a termo e pós-parto, e avaliar novos testes prognósticos e tratamentos em ensaios clínicos com potência adequada.

Posts recentes

Ver tudo

Sequestro pulmonar fetal

O sequestro pulmonar fetal é uma malformação congênita rara em que uma parte do tecido pulmonar não se conecta ao sistema respiratório normal e recebe suprimento sanguíneo de uma artéria anômala. Após

Por que grávida sente cansaço?

Durante a gravidez, o corpo passa por muitas mudanças hormonais e físicas, o que pode levar à fadiga. Além disso, o crescimento do bebê demanda mais energia, resultando em cansaço. Também pode haver d

Grávida pode comer chocolate?

Comer chocolate é bom ou ruim durante a gravidez? Comer chocolate durante a gravidez é perfeitamente seguro, mas, claro, você deve apreciá-lo com moderação , prestando muita atenção aos níveis de cafe

Comments


Dra Marta Murteira.jpg
BOA FORMA NA GRAVIDEZ.png
bottom of page