Meu bebê já está encaixado? Como saber se ele já encaixou?

O termo “encaixado” é usado com diferentes significados pelas mamães e médicos.

Os médicos definem que um bebê está encaixado quando a cabecinha (ou o bumbum) entra dentro da bacia óssea da mãe e fica fixo na pelve da mulher, sem ficar mais se movendo com tanta liberdade.

Muitas pessoas pensam que estar encaixado é estar de cabeça para baixo, mas o bebê pode estar de cabeça para baixo e "alto", ou seja, não fixo na pelve. Não existe uma idade gestacional certa para o bebê encaixar. Na verdade, até mais ou menos 32 a 34 semanas a maioria dos bebês já estão de cabeça pra baixo, mas ainda não encaixado. O que fará o bebê encaixar são as contrações mas não existe uma data certa para isso acontecer. Alguns bebês só encaixam durante o trabalho de parto.


O útero é composto de músculo e ele se contrai e vai emburrando o bebê para baixo. Logo, o bebê pode estar na posição de cabeça para baixo mas ainda não estar encaixado.

O exame de toque é a melhor maneira de definir se o bebê está realmente encaixado. O ultrassom apenas visualiza que a cabeça está muito baixa e difícil de ser medida.


Alguns sintomas podem indicar que o bebê já encaixou. Pode haver uma melhora na respiração e na azia da mamãe. Devido ao novo posicionamento do bebê, pode ficar mais difícil caminhar. Além disso, a bexiga da fica ainda mais comprimida pela cabeça do bebê fazendo com que a capacidade de armazenamento da urina diminua. Como consequência, há um aumento na frequência de idas ao banheiro para urinar. A cabeça óssea do bebê dentro da bacia óssea da mãe pode provocar desconforto pélvico com sensação de pressão, choques e repuxadas na pelve com repercussão até na vagina.


marketing medico digital.png