Ultrassonografia Transvaginal Ginecológica 3D


A ultrassonografia transvaginal ginecológica 3D é um método diagnóstico semelhante a ultrassom ginecológica convencional, mas que possibilita a visualização mais completa da anatomia uterina pois avalia o útero e ovário de vários ângulos. Além disso é possível reconstruir a imagem do útero e ovário em vários formatos, permitindo uma análise mais completa da anatomia dos órgãos pélvicos. A sua implementação na rotina ginecologia aumenta progressivamente e traz consigo benefícios. ​​

O método é utilizado com sucesso no diagnóstico e diagnóstico diferencial da patologia ginecológica benignas e anomalias congênitas do sistema reprodutivo feminino: miomas, endometriose, adenomiose, pólipos endometriais, massas anexiais, gravidez ectópica, posicionamento do DIU (dispositivo intrauterino), etc.

A ultrassonografia ginecológica 3D/4D, atualmente é, métodos diagnóstico indispensável na avaliação das malformações uterinas: útero arqueado, útero septado, útero bicorno e didelfo, permitindo diagnósticos precisos, na maioria das vezes, os cortes coronais mostram a duplicidade dos endométrios, a extensão do septo e o contorno externo do útero se tem ou não depressão, o que possibilita a classificação, fornecendo informações que auxiliam a conduta terapêutica e o prognóstico reprodutivo (abortamentos de repetição estão associados a malformações uterinas). O útero septado iria para correção cirúrgica por histeroscopia (septoplastia).

​​Alguns estudos demonstram acurácia diagnóstica na detecção de anormalidades da cavidade uterina de 84,1% em mulheres inférteis. Uma porcentagem significativa de pacientes inférteis tem patologias na cavidade uterina.

Outro ponto forte é que, quando comparada a outros exames diagnósticos mais invasivos como a ressonância magnética da pelve, histeroscopia e laparoscopia, a ultrassonografia ginecologica 3D têm demonstrado excelentes resultados, com elevada acurácia, do método comparado a exames mais caros e mais invasivos e que as vezes exigem até internação hospitalar da paciente.




marketing medico digital.png