Vamos falar sobre Ultrassonografia seriada para controle de ovulação?


Qual a importância no ultrassom na infertilidade?

A Ultrassonografia é um método efetivo, fácil de usar, com preço acessível, prontamente disponível e não-invasiva para avaliar a fertilidade potencial da mulher. Tornou-se uma das ferramentas mais úteis disponíveis para avaliar algumas das causas da infertilidade feminina e assim, implementar tratamentos. Realizamos na Plena Ultrassonografia a contagem de folículos antrais e ultrassonografia seriada para controle ovulatório.

O que a Ultrassonografia seriada para controle de ovulação vê?

Na primeira fase do ciclo o ovário é estimulado para que se inicie o desenvolvimento de 10 a 20 folículos (células que contêm imaturos ovos, conhecido como óvulos). Então fazemos a contagem da reserva folicular. Depois, apenas um desses folículos vai amadurecer e crescer para ovular e os outros irão regredir. A ovulação ocorre quando esse folículo dominante alcança o tamanho médio de 18 a 20 mm e se rompe. Além disso acompanhamos a espessura do endométrio, camada interna que precisa estar numa espessura adequada pra que o embrião se implante. Acompanhando essas mudanças conseguimos predizer o período fértil da mulher além de ser possível associar medicações para otimizar essas mudanças.

.

A Ultrassonografia seriada para controle de ovulação ajuda a engravidar?

A ultrassonografia seriada é o exame onde é possível acompanhar todo o ciclo menstrual. Avaliamos a espessura do endométrio, quantidade de folículos antrais, crescimento dos folículos e a sua ruptura (ovulação). Na Plena ultrassonografia, quando necessário, prescrevemos as medicações, junto com o médico assistente, para conseguirmos sucesso no ciclo.

Nosso acompanhamento e individualizado para cada paciente, orientando quando a mesma deve retornar, até conseguir ovular, independente da quantidade de vezes que a mesma deverá ser vir na nossa clínica. Estamos muito felizes com a alta taxa de sucesso que estamos tendo no nosso controle ovulatório!

Quais são as causas de infertilidade identificadas ao ultrassom?

A ultrassonografia é um dos exames mais usados para iniciar as investigações de infertilidade, uma vez que substituiu métodos mais invasivos de investigação e deve ser considerado essencial. As mudanças cíclicas do útero e ovário podem ser avaliadas, assim como as anormalidades: cistos, tumores, miomas, endometriomas, hidrossalpinges, ovários policísticos e alterações congênitas.


Posts recentes

Ver tudo

Síndrome de Hiperestimulação Ovariana

A síndrome de hiperestimulação ovariana (SHO) é uma resposta exagerada ao excesso de hormônios. Geralmente ocorre em mulheres que tomam medicamentos com hormônios injetáveis ​​para estimular o desenvo

BOA FORMA NA GRAVIDEZ.png
101ReceitasdePapinhas_Imagem001_Anuncio_
marketing medico digital.png